quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Uma cidade preparada p/os grandes desafios do futuro [ IV/V ]

Autocarro A cidade tem também que se adaptar às novas exigências de qualidade de vida urbana e de sustentabilidade ambiental, investindo na estrutura verde - nos corredores verdes, no aumento do solo permeável, já definidos, na reabilitação dos espaços verdes, degradados e na arborização e com na construção de novos parques e jardins de grande dimensão.

A cidade tem que deixar de estar fechada sobre si própria, como velha capital de um império que já não existe. Tem de se projectar como cidade aberta, cosmopolita, inter-étnica, parte do território mais vasto que é a grande Lisboa. Valorizando o seu centro tradicional, tem de criar novas centralidades que estruturem os seus espaços mais recentes.

A cidade deve definir e preservar espaços destinados à instalação de corredores para circulação de transportes públicos e modos de mobilidade suave, como as novas linhas de eléctricos rápidos, a rede de ciclovias já em curso e os percursos pedonais simples ou assistidos por meios mecânicos.
LNT
[063/2009]

Referências:
Apelo Voto - Referências
->
Programa de governo para Lisboa ≡ pdf
-> Unir Lisboa ≡ Site Oficial

Sem comentários: